Os golos e o resumo do jogo Sporting 2 – 1 Belenenses SAD

O Sporting venceu o Belenenses SAD por 2-1 naquele que foi o antepenúltimo jogo de preparação antes da Supertaça frente ao SC Braga. Numa primeira parte bem melhor que a primeira, os destaques foram para Tabata que deu boas indicações na posição de número 8 e Tiago Tomás que voltou a ser muito trabalhador e conseguiu desequilibrar.

Rúben Amorim lançou um 11 inicial completamente diferente do de ontem com: Max, Luís Neto, Feddal, Rodrigo Fernandes, Pedro Porro, Dário Essugo, Tabata, Flávio Nazinho, Jovane Cabral, Nuno Santos e Tiago Tomás. Nota para Rodrigo Fernandes a ser testado a central, com Tabata novamente a ser aposta de Rúben Amorim no lugar de número 8 e o menino da formação Nazinho a fazer todo o corredor esquerdo. Quanto ao Belenenses SAD, Petit repetiu o onze inicial do último amigável que será muito próximo daquele que daqui a alguns dias se irá estrear já em competição oficial na primeira fase da Taça da Liga.

O jogo começou praticamente com o golo do Sporting. Cruzamento de Flávio Nazinho na esquerda, com a bola a chegar a Pedro Porro que remata e Sandro, capitão do Belenenses SAD, a desviar para dentro da baliza.

Logo depois, grande azar para o próprio Pedro Porro que numa disputa de bola acaba lesionado com Rúben Vinagre a ser chamado a jogo para fazer toda a ala direita. Apenas três minutos depois, boa jogada do Sporting, com Essugo a isolar Tabata que rematou forte para uma grande defesa do guarda-redes adversário.

À passagem do minuto 20, grande golo do Belenenses SAD: Alioune Ndour a arranjar espaço e a fazer um remate muito bom ao ângulo com Max sem conseguir impedir este ‘tiro’ de belo efeito.

O Sporting respondeu praticamente com mais um golo, desta vez Jovane Cabral de grande penalidade, depois de Sandro derrubar Tiago Tomás dentro de área. Na conversão Jovane, o segundo melhor marcado do Sporting na época passada, a fazer o gosto ao pé.

O jogo estava animado e já perto do intervalo Nuno Santos fez mais um golo, mas desta vez o VAR anulou por fora-de-jogo no momento do último passe. Já no período de descontos o Belenenses SAD respondeu com Afonso Sousa a rematar e Max numa intervenção muito atenta a evitar o golo do empate. O intervalo chegou logo depois, com o Sporting em vantagem por 2-1.

O Sporting voltou para a segunda parte com as saídas de Dário Essugo e Jovane Cabral para as entradas de João Palhinha e Pedro Gonçalves. A segunda metade arrancou com Alioune Ndour com espaço nas costas da defesa leonina a rematar com a bola a passar muito perto do poste da baliza de Max. A primeira ameaça leonina só chegou já perto do minuto 60 com Tiago Tomás com espaço dentro de área a rematar potente para atenta defesa de Luiz.

Aos 70 minutos, Max novamente a evitar o golo do Belenenses SAD, com uma saída muito atenta a chegar primeiro que o jogador adversário que seguia isolado. Respondeu quase imediatamente o Sporting com Tiago Tomás a trabalhar bem à entrada da área e a encontrar espaço para um remate muito forte para defesa competente do guarda-redes do BSAD.

Até final o resultado não se alterou, o Sporting venceu o jogo por 2-1.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *