A posição de Fábio Veríssimo sobre o cartão amarelo dado a Palhinha

João Palhinha viu cartão amarelo no jogo frente ao Boavista, o que teoricamente o coloca com um jogo de castigo e fora do encontro da próxima jornada frente ao SL Benfica. O médio defensivo foi poupado por Rúben Amorim, mas com o jogo ainda em 1-0 foi chamado para fechar os caminhos da baliza leonina, que embora não estivesse a ser ameaçada, era de esperar uma pressão final do Boavista forte em busca do empate. Já depois de Pedro Porro fazer um golo incrível, e sentenciar a partida, João Palhinha viu um cartão amarelo num lance muito duvidoso:

O jogador do Boavista não vai isolado, a situação não é de perigo para a baliza de Adán, e é apenas uma batalha de braços entre os dois jogadores com o do Boavista a cair. Que é falta é possível concordar, agora o cartão amarelo causou de certo muita estranheza. Num jogo em que Fábio Veríssimo em 24 faltas do Boavista deu apenas dois amarelos, dar logo cartão a um jogador que acabou de entrar e fez a sua primeira falta pareceu claramente exagerado.

Agora, escreve o jornal ‘Record’ a posição de Fábio Veríssimo sobre o lance é conhecida e o árbitro vai assumir o erro que cometeu. Devido ao recurso colocado pelo Sporting da suspensão de Palhinha, o árbitro da partida vai ser chamado a falar sobre o lance e segundo esta fonte, o mesmo vai admitir o erro o que poderá ser fulcral para a despenalização de Palhinha. Esta não é a primeira vez que jogadores vêm suspensões retiradas por erros de arbitragem, todos os clube tiveram vários exemplos no passado, no caso do Sporting por exemplo, nas últimas épocas Petrovic e Bolasie foram casos desses. Ambos os jogadores viram cartões vermelhos por faltas que não o justificam, e tiveram os seus castigos retirados. E nestas situações, o mais importante é a opinião do árbitro do encontro depois de ver as imagens e analisar o lance, e parece que Fábio Veríssimo vai mesmo admitir o erro o que deixa Palhinha mais próximo de ver justiça e ser opção na próxima jornada.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *