Os 15 jogadores dispensados por Rúben Amorim que estão a treinar à parte na academia

O dia de ontem, segunda-feira dia 24 de agosto, marcou o regresso ao trabalho de 15 jogadores que estão contratualmente vinculados ao Sporting mas que não são opção para Rúben Amorim, que os descartou desde logo. São 15 nomes que, estiveram emprestados a outros clubes ou que não tiveram boas prestações na equipa principal o ano passado, e procuram assim colocação noutro clube. Até lá, vão ter de se apresentar na academia e cumprir este plano de treino definido para estes casos, treinando à parte da equipa B na academia de Alcochete. A estes 15 nomes que foram dispensados, a cumprir o mesmo plano de treino estão Marcos Acuña e Palhinha. No entanto estes não foram dispensados por questões técnicas mas sim porque os negócios para os levar para outros clubes devem estar a ser ultimados e para não perderem o ritmo estão a cumprir treinos juntamente com os outros nomes. Sendo assim, estes são os 15 excedentários que não contam para Rúben Amorim e esperam colocação:

Abdoulay Diaby: O maliano esteve emprestado ao Besiktas onde realizou 37 jogos e apontou 6 golos. O clube turco tinha opção de compra mas acabou por não a acionar o que faz com que Diaby esteja de volta ao Sporting, mas por não contar para Rúben Amorim, está à procura de colocação. Com a camisola do Sporting chegou a fazer 47 jogos e 7 golos mas nunca convenceu verdadeiramente a bancada de Alvalade, ficando longe de justificar os quase 5 milhões de euros investidos na sua contratação.

Rafael Camacho: Contratado ao Liverpool na época passada, chegou a ter várias oportunidades durante o ano mas sem nunca demonstrar o nível exigido para a nossa equipa. Segundo o que tem sido escrito na comunicação social, o Sporting vê potencial no jogador e por isso mesmo, quer emprestá-lo a um clube onde possa jogar com regularidade. Com Rúben Amorim chegou a ter oportunidades como lateral e extremo, mas parece não ter conquistado a confiança do nosso treinador, que agora o riscou desde logo do estágio no Algarve.

Miguel Luís: O médio de 21 anos teve uma época para esquecer tendo apenas disputado 7 jogos na equipa principal e 4 nos sub-23. Por ser um jovem da formação e com um vasto currículo nas seleções jovens de Portugal deve seguir por empréstimo para algum clube onde possa jogar com regularidade, coisa que não iria acontecer no Sporting.

Tiago Ilori: É outro jogador que é dispensado sem ter feito nada para justificar a sua contratação. Acabou por ser chamado várias vezes à titularidade, mas sem nunca convencer, será um jogador muito difícil de colocar de forma a reaver os 2.4 milhões investidos na sua contratação.

Valentin Rosier: O jogador mais caro desta lista e muito provavelmente o caso mais estranho. Valentin Rosier chegou por 5 milhões de euros mais o passe de Mama Baldé como o mais forte candidato a ser titular na lateral direita mas nunca conseguiu ganhar o seu espaço. Além de ter chegado lesionado, foi colecionando minutos no banco e quando foi chamado a jogo nunca demonstrou nada do que terá levado o Sporting a investir tanto na sua contratação. Segundo a imprensa, apenas têm chegado ao Sporting propostas de empréstimo, mas o certo é que não vai continuar em Alvalade.

Eduardo Henrique: Contratado por cerca de 3 milhões de euros após uma boa época no Belenenses SAD, Eduardo Henrique está também de saída do Sporting. Com a chegada de Pedro Gonçalves e a afirmação de Wendel e Matheus Nunes, Eduardo perdeu o pouco espaço que tinha no plantel de Rúben Amorim e segundo escreve a imprensa nacional, deverá continuar a sua carreira na Grécia.

Bruno Gaspar: O Olympiacos não acionou a opção de compra que tinha no seu contrato de empréstimo e por isso o lateral português está de volta a Alvalade. Apesar de ter feito 21 jogos na equipa grega, esta optou por não pagar o milhão de euros que podia fazer de Bruno Gaspar jogador do Olympiacos a titulo definitivo. É mais um caso que o Sporting nunca vai recuperar o investimento feito pois foi contratado por 4.5 milhões de euros em 2018.

Ivanildo Fernandes: O defesa de 24 anos esteve emprestado a dois clubes turcos na temporada passada onde acabou por conquistar uma Taça da Turquia. Era um nome que chegou a ser dado como garantido na pré-época do Sporting, mas parece que o nível demonstrado na Turquia não foi suficiente para a equipa técnica lhe dar uma oportunidade de se mostrar.

Filipe Chaby: O médio de 26 anos esteve emprestado à Académica onde fez 21 jogos e apontou dois golos. Já tem muita experiência na segunda liga portuguesa, com várias passagens como titular absoluto, e deve continuar a sua carreira neste escalão, resta agora saber em que clube e em que moldes.

Leonardo Ruiz: O avançado colombiano é o nome desta lista que os adeptos mais pediam para ter uma oportunidade nesta pré-temporada. Depois de uma passagem muito feliz pelo Varzim onde apontou 14 golos e fez 7 assistências em 23 jogos, era um jogador que se esperava que, pelo menos, iria seguir para estágio com a equipa principal, até porque ainda não chegou nenhum reforço para a sua posição neste mercado. No entanto, é um nome que está já riscado por Rúben Amorim e parece que tem no Moreirense o seu destino mais provável.

Mattheus Oliveira: Esteve toda a temporada passada sem jogar e afastado da equipa principal do Sporting porque, segundo Frederico Varandas numa entrevista à SportingTV, recusou todas as propostas que lhe foram chegando de vários países. Segundo a imprensa nacional, soma vários interessados em Portugal e deverá ser aqui que deverá continuar a sua carreira por empréstimo.

Bruno Paulista: O médio defensivo de 25 anos deverá conhecer um novo empréstimo depois de no ano passado ter estado no Fátima, mais uma vez sem sucesso. Nos últimas 4 anos soma 4 empréstimos, todos sem sucesso desportivo e apenas 18 jogos efetuados no total.

Lumor Agbenyenu: Conseguiu ganhar espaço no Mallorca, onde apesar de ter acabado despromovido à segunda divisão espanhola, fez 24 jogos e apontou 1 golo. Completamente tapado no plantel de Rúben Amorim por Nuno Mendes e, agora também por Vitorino Antunes, deve acabar transferido a título definitivo até porque acabou por valorizar nesta passagem por Espanha.

André Geraldes: O lateral direito chega como campeão de Israel ao serviço do clube onde esteve emprestado e foi titular durante todo o ano. Está a ser emprestado ano após ano pelo nosso clube, mas o Sporting deverá aproveitar a sua valorização para fazer um encaixe razoável, sendo que, o jogador deve interessar a vários clubes destas ligas periféricas.

Bruno Miguel Fernandes: O avançado de 23 anos está desde 2016 a somar empréstimos a escalões inferiores, tendo já jogado no Vilafranquense, Oliveirense, Gafanha, União da Madeira e Sintrense. Com muito poucos jogos por cada clube que passou e um valor de mercado praticamente nulo, o seu futuro será longe de Alvalade.

1 Comment

  • Quantos craques contratados pelos “águias” do comércio de Alvalade! Vejam quantos são da formação e quanto custaram Diaby, Rosier, Lumor, Matheus, Paulista, Ruiz (não sei se este veio no pacote do outro cracão Ruiz), Gaspar e Eduardo. Todos somados dariam um ou dois bons, penso eu de que!

Leave a Reply to LucasFilho Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *